Aprenda Como Cuidar De Orquídeas Da Maneira Correta Com Diversas Dicas e Tutoriais.

Nós podemos classificar as orquídeas de várias formas, pela sua espécie, valor de mercado, nacionalidade ou pelo seu habitat. As orqu...

Orquídeas Terrestres - O Que São e Como Cultivá-las

Orquideas Terrestres
Nós podemos classificar as orquídeas de várias formas, pela sua espécie, valor de mercado, nacionalidade ou pelo seu habitat.

As orquídeas terrestres ou orquídeas de chão são chamadas assim, pois crescem no chão das florestas, mas não necessariamente na terra.

O correto é dizer que elas crescem em húmos que ficam no chão das florestas.

Além desse tipo também existem algumas outras classificações com base no local onde a planta cresce, as principais são:
Que serão abordadas mais a fundo em um futuro artigo.

CARACTERÍSTICAS DAS ORQUÍDEAS TERRESTRES

As orquídeas terrestres são responsáveis por quase metade das espécies do gênero orchidaceae.

Isso surpreende muitos orquidófilos, porque não são muitas as orquídeas desse tipo que são conhecidas.

A maioria das orquídeas terrestres não geram um grande interesse comercial nas pessoas, o que acaba ajudando a extinguir algumas espécies.

As orquídeas terrestres mais vendidas são aquelas que tem folhas vistosas, como por exemplo a Habernaria fluminensis.

DIFÍCIL CULTIVO, SERÁ MESMO?

Dúvida
Muitas pessoas as consideram de difícil cultivo, pois pensam que todas as orquídeas terrestres são iguais.

E como elas são conhecidas pelas suas raízes grossas e seus 2 tuberculos (na maioria das plantas), que ajudam ela a reter mais água e nutrientes.

E devido ao habitat de algumas, elas ficam resistentes ao sol.

O maior cuidado que você deve tomar é lembrar que não são todas as espécies de orquídeas terrestres que mostram essa resistência.

CURIOSIDADES 

  • Muitos orquidófilos não aceitam a classificação saprófita para as orquídeas, colocando esse tipo na classificação terrestres como é o exemplo da orquídea Rhizanthella gardneri que é uma espécie de orquídea subterrânea, essa não faz fotossíntese e obtém todo o seu alimento do fungo micorrízico, ela é uma das orquídeas mais raras do mundo.
  • Elas podem ser classificadas segundo o ambiente em que vivem, que podem ser ambientes mais iluminados, secos, com terra fofa, rochosos, etc.

COMO CUIDAR DE ORQUÍDEAS TERRESTRES

Abaixo estão separadas as dicas divididas por tópicos sobre como cuidar de orquídeas terrestres.

Caso você queira aprender a cuidar de todas as orquídeas, acesse o artigo como cultivar orquídeas.

Mas não se esqueça que existem milhares de orquídeas que podem ser consideradas terrestres.

E elas vivem em diversos habitats diferentes.

Por isso, as dicas abaixo não podem ser aplicadas a todas essas espécies, mas essas são dicas gerais que vão ser úteis na maioria dos casos.

O mais recomendado é que você procure mais sobre o cultivo de seu tipo de orquídea.

REGA, ILUMINAÇÃO E VENTILAÇÃO

Rega, iluminação e ventilação
Quanto a rega, essas flores gostam muito de água e também secam muito rápido, por isso é recomendado que se regue 2 ou 3 vezes na semana.

Em climas muito quentes, pode ser necessário regar diariamente.

A iluminação é igual a de todas as orquídeas, indireta, com a ventilação correta sendo uma brisa leve.

Garanta que suas orquídea tenha a ventilação adequada, pois ela pode evitar muitas doenças.

Apesar de gostarem de sol, as orquídeas terrestres também são extremamente resistentes ao frio.

Podendo ficar adormecidas quando as temperaturas ficam extremas voltando a florescer no ano seguinte, como é o caso das tulipas.

ADUBAÇÃO E SUBSTRATOS

Adubos e substratos
Para se fazer o substrato dessas plantas, basta misturar:

  • 50% de terra vegetal
  • 50% de humos ou algum composto orgânico
E por ultimo a adubação:

O local correto para se adubar as orquídeas terrestres é pela raiz, utilize o adubo NPK 10 10 10 a cada 15 dias.

E durante a floração, utilize o NPK 04 14 08 repetindo a dose 1 vez por mês.

COMO PLANTAR ORQUÍDEAS TERRESTRES

Como plantar orquídeas terrestres
Apesar de serem comumente plantadas no chão, as orquídeas terrestres também podem ser plantadas em vasos vegetais, mas coloque um grande teor de terra vegetal.
O vaso utilizado deve apertar um pouco sua orquídea e também ter espaço para ela crescer, isso porque elas não gostam de vasos em que suas raízes ficam muito livres.
Para se plantar suas orquídeas terrestres, verifique se o solo é leve e coloque bastante compostos orgânicos e alguns elementos para facilitar a drenagem da água (eu recomendo a fibra de coco).

É essencial que você garanta que o solo utilizado esteja com bastante matéria orgânica, em alguns casos nem será necessária a adubação.

Agora caso você queira replantá-la em um vaso, siga os passos abaixo:
  1. Retire-a do vaso
  2. Limpe-a de seus substratos
  3. Retire as raízes mortas
  4. Coloque substrato até o meio do pote novo
  5. Encaixe sua orquídea, deixando o lado onde os brotos nascem longe da lateral do vaso.
  6. Cubra as raízes da orquídea com substrato, fazendo ela se fixar no vaso
E se você for plantar ao invés de replantar sua orquídea terrestre, basta seguir os passos 4,5 e 6.
OBS: lembre-se que todos os fungos são relacionados com a umidade, então para combatê-los a melhor coisa a se fazer é regar corretamente sua planta.

Aprenda a Cuidar De Suas Orquídeas Com Um Mestre No Assunto.


Com mais de 20 anos de experiência, o professor Alberto criou um curso em vídeo nos ensinando as melhores e mais eficientes maneiras de cuidar de orquídeas.

Nele você vai aprender:
  • Como identificar e combater pragas
  • Como plantar e replantar orquídeas
  • Qual o melhor substrato para cada espécie
  • Quais os 4 fatores essenciais para o cultivo de orquídeas
  • E muito, muito mais.
Para ter acesso ao curso, clique agora no botão abaixo e receba um bônus especial.
↓↓↓↓↓↓↓↓↓

Quero Aprender Tudo Sobre Como Cuidar De Orquídeas

OBS: bônus por tempo limitado.

NOMES DAS PRINCIPAIS ESPÉCIES 

Abaixo eu separei uma lista com as principais espécies de orquídeas terrestres:

  1. Paphiopedium: um dos gêneros mais famosos, originários da ásia tropical, seu cultivo é muito fácil. Com 96 espécies, essas orquídeas se destacam principalmente pela duração de suas flores que pode durar mais de 4 a 8 semanas.
  2. Cymbidium: é um gênero com uma capacidade incrível de sobreviver a ambientes mais frios, chegando a aguentar até -2ºC por um curto período de tempo. São nativas da ásia tropical e subtropical. OBS: se você viver em regiões quentes, vai ser difícil fazer essa orquídea florir.
  3. Orquídea bambu: é a unica orquidea do gênero arundina, já esteve muito próxima da extinção, mas hoje é uma planta muito querida e cultivada aqui no Brasil.
  4. Ophrys scolopax: é uma espécie de orquídeas terrestres encontrados perto de Mediterrâneo, Oriente Médio e algumas partes da Europa.
  5. Sobralia: a maioria das orquídeas desse gênero são terrestres, mas algumas são epífitas, atualmente conta com 160 espécies. Uma de suas principais características é a grande variedade de cores de suas flores.
  6. Phaius: contém 45 espécies sendo todas terrestres, chegando a ter até 25 flores. Também pode ser chamada de capuz de freira.
  7. Phragmipedium: esse gênero foi estabelecido em 1896 e hoje contém 28 espécies, sua grande diferença dela para as outras orquídeas é suas flores decíduas.
Alguns outros gêneros de orquídeas terrestres que também merecem destaque são:
  1. Epidendrum
  2. Spathoglottis
  3. Bletia
  4. Neobenthamia
  5. Vanilla
Lembrando que não é porque todas elas são terrestres elas possuem o cultivo igual.

Por isso eu recomendo que você siga as dicas abaixo e verifique diariamente se não aparece nenhuma mancha nas folhas das orquídeas ou qualquer sinal de que sua orquídea não está muito bem.

FOTOS

Foto 1 - orquídeas terrestres

Foto 2 - orquídeas terrestres

Foto 3 - orquídeas terrestres

Foto 4 - orquídeas terrestres

Foto 5 - orquídeas terrestres

Foto 6

Foto 7

Foto 8

Foto 9

Foto 10

Acesse: https://orquideasblog.com/orquideas-terrestres/ e veja mais informações sobre as orquideas terrestres.

2 comentários:

  1. A imagem da orchis mascula foi retirada do seguinte site: http://lanesidehardyorchids.co.uk/catalog/product_info.php/orchis-mascula-native-orchid-p-47

    ResponderExcluir