Aprenda a Cuidar De Qualquer Orquídea Como Um Profissional Quero Aprender

Aprenda Como Cuidar De Orquídeas Da Maneira Correta Com Diversas Dicas e Tutoriais.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Como Cultivar Orquídeas - Guia Completo Para Iniciantes

Como cuidar de orquideas
Você quer aprender como cultivar orquídeas de uma maneira profissional? Quer vê-la com flores lindas?
Mas antes, vamos desmentir um dos maiores mitos a respeito das orchidaceae, popularmente conhecidas como orquídeas.
Elas não difíceis de se cuidar, na verdade, a única diferença entre as orquídeas e as demais plantas são poucos cuidados especiais.
Além disso, ela é uma das plantas mais diversificadas do mundo, pois se adaptou a quase todos os continentes, não estando apenas na Antártida devido a temperatura.



Continue vendo esse artigo e aprenda como ter orquídeas lindas e saudáveis.

COMO CULTIVAR ORQUÍDEAS - INFOGRÁFICO

Como Cultivar Orquídeas - Infográfico
Compartilhe Esse Infográfico Em Seu Site
Basta copiar o código abaixo e colar como código HTML

COMO REGAR UMA ORQUÍDEA?

Como regar orquídeas
Vamos começar falando sobre uma das maiores dúvidas sobre o cultivo dessa planta, como regá-la?
Primeiramente, você deve entender que nem todas as espécies de orquídeas são iguais e por isso, algumas vão gostar mais de água e outras de menos.
Felizmente existem técnicas para identificar quando a rega deve ocorrer e saber elas é essencial para o cultivo de suas orquídas.
Para identificar se já está na hora de regar sua planta, você pode seguir algum dos procedimentos abaixo:
  • Aponte um lápis e coloque-o na terra, se a casca dele não mudar de cor devido a umidade, já está na hora de regar.
  • Coloque seu dedo a 2,5 cm do substrato da orquídea, caso você não sinta nada úmido, está na hora de regar.
Agora antes de regar, tenha certeza que seu pote tem alguns orifícios por onde a água pode escapar, no caso de vasos de barro, não precisa se preocupar.
OBS: Caso você tenha uma orquídea vanda, acesse o artigo: Como cultivar orquídeas vanda.
Para irrigar sua planta, você pode usar um borrifador e molhar a planta toda, um regador ou caso você tenha poucas orquídeas, pode fazer isso:
  1. Deixe sua orquídea em um balde
  2. Coloque água e adubo até a orquídea estar submergida até a borda
  3. Após 10 minutos retirar a planta

Aprenda a Cuidar De Suas Orquídeas Como Um Profissional. Acesse Agora e Receba Seu Desconto De Lançamento
Quero Acessar Agora
Existem várias coisas que podem influenciar o intervalo de tempo de cada irrigação, por isso não é recomendado que você siga um calendário de rega.
Você pode determinar o tempo médio de cada rega e após esse tempo, verifique se já está na hora de molhar a planta.
Para aprender como cultivar orquídeas, você deve conhecer:
Os principais fatores que podem influenciar na evaporação da água são:
  • Umidade (quanto maior, mais tempo vai demorar para irrigar)
  • Temperatura (quanto maior, menos tempo)
  • Vento (quanto mais, menos tempo)
O substrato que você usa também pode influenciar no tempo que a água permanecerá em sua planta.
Normalmente os substratos com pedaços maiores são os que menos absorvem água, fazendo assim a irrigação ser feita mais frequentemente.
OBS: leia também o artigo orquídeas phalaenopsis.
Alguns exemplos de substratos que retém muita água são:
  • Terra e musgo
Já de substratos que retém pouca água são:
  • Brita e isopor
Por último, o melhor horário para se realizar a irrigação é logo pela manhã, pois assim as flores e dos bulbos poderão secar logo.
Caso você queira saber mais sobre a irrigação das orquídeas, veja esse artigo.

ADUBAÇÃO

Adubação
Para um melhor desenvolvimento de sua orquídea, é necessário que se realize a adubação correta e por isso você deve saber:
  • Que tipo de adubo utilizar?
  • Quando e onde adubar?
  • Como adubar?
Apesar de parecer muito difícil, a adubação em orquídeas é algo muito simples que não vai lhe gerar nenhum trabalho.
Caso sua orquídea esteja na natureza e não em um vaso, talvez a adubação não será necessária, mas, ela será de grande ajuda para sua planta florir mais rapidamente.

Ao cuidar de suas orquídeas, você deve escolher entre os dois tipos de adubos para se aplicar:

Os adubos orgânicos

A adubação natural fornece os minerais de uma forma mais lenta.
Os nutrientes são absorvidos pelas orquídeas durante a decomposição de seu adubo.
Três exemplos bem famosos de adubos orgânicos para orquídeas são:
  • Bokashi
  • Torta de mamona
  • Adubo com carvão

Os adubos químicos

Na adubação química os minerais são fornecidos mais rapidamente.
Os adubos químicos mais utilizados para orquídeas são os do tipo NPK (Nitrogênio, Fósforo e Potássio) por serem baratos e muito eficientes.
Além disso, o tipo de NPK a ser aplicado pode variar a cada período da orquídea.
Como por exemplo, a orquídea chuva de ouro, ela não deve ser adubada quando está na floração.
Mas nas demais épocas, normalmente é adubada com NPK 20 20 20.

Para que você possa encontrar o tipo certo de adubo para sua planta, procure em lojas especializadas.
Aprender a cultivar orquídeas pode ser bem simples, mas as vezes é necessário saber algumas coisas mais técnicas.
Como por exemplo:
Verifique se o adubo pode ser dissolvido na água (no caso de adubos químicos) e que é aplicado nas raízes.
Pois apesar de a orquídea conseguir absorver os nutrientes pelas raízes e pelas folhas, a adubação pelas raízes é muito mais eficiente.
  • A orquídea absorve cerca de 90% dos nutrientes pelas raízes.
Após escolher o seu adubo, basta verificar em sua embalagem qual é a maneira mais eficaz e de quanto em quanto tempo deve-se adubar a sua orquídea.


Como a fase de crescimento das orquídeas é lenta, podendo demorar até 7 anos para chegar a fase adulta, é recomendado que se aplique adubo em todas as idades.

Aprenda a Cuidar De Suas Orquídeas Como Um Profissional. Acesse Agora e Receba Seu Desconto De Lançamento
Quero Acessar Agora

ILUMINAÇÃO

Iluminação correta
Em seu habitat, as orquídeas recebem a iluminação do sol indiretamente, pois se chega poucos raios até a flor devido aos vários troncos e folhas das árvores e plantas próximas.
Esse seria um ambiente perfeito para sua orquídea.
Mas como é bem difícil imitar isso, existem muitas técnicas que podem nos ajudar a fornecer a iluminação adequada para orquídea.
As orquídeas nos dão sinais em suas folhas quando estão recebendo muito ou pouco sol através da coloração de suas folhas.
Para que você consiga identificar esses sinais, primeiramente  perceba qual é a cor natural de sua planta.
Eu recomendo que você tire uma foto quando comprar sua orquídea.
Caso isso não seja possível, basta procurar por fotos de orquídeas saudáveis da mesma espécie que a sua no google e comparar.
  • Caso a coloração da folha de sua orquídea esteja mais escura que o normal, ela precisa tomar mais sol, pois ela está liberando clorofila para conseguir captar luz.
  • Caso a coloração esteja mais fraca, chegando a quase um amarelo ou se suas folhas estiverem queimadas, ela está tomando muito sol.
Para melhorar a iluminação de sua orquídea, basta seguir a dica abaixo.
Deixe-a tomar sol no início da manhã (até as 9hrs) e do final da tarde (depois das 17 horas), quando o sol está mais fraco.
Lembrando-se de sempre observar a coloração de sua folha.

PRAGAS E DOENÇAS NAS ORQUÍDEAS

Pragas e Doenças
Para aprender a cultivar orquídeas, você precisa entender que existem várias pragas que podem estragar a sua flor e que sem o cuidado necessário é possível até que ela morra.
Ela pode ser afetada por muitos animais e pragas.
Por isso não é viável mostrar como combater todos aqui nesse artigo.

Dicas

Abaixo estão algumas das melhores dicas para que você aprenda de uma vez por todas como cultivar orquídeas e consiga eliminar as principais e principalmente evitá-las.
  • Antes de mais nada, deixe seus vasos a cerca de 20 cm um do outro, para que nenhuma doença ou praga seja passada de uma planta para outra.
  • Outro ponto a se considerar é o cuidado com a ventilação de sua planta, o vento pode trazer vários fungos e para tentar evitá-los, basta manter o local em volta de sua planta limpo.
  • Também tenha muito cuidado com os substratos de suas plantas, pois eles podem trazer animais para ela.
  • A última dica e também a mais simples é que você monitore sua planta todos os dias procurando por algum problema nela.
OBS: Apesar de a ventilação trazer alguns problemas ela é essencial para a vida de sua orquídea e também para combater algumas pragas.
Não deixe que sua orquídea receba ventos fortes, muito quentes ou muito frios, o ideal para orquídea é um vento leve e em uma temperatura agradável.
Para saber mais, veja o artigo pragas e doenças que atacam as orquídeas, ou assista o vídeo abaixo:

PLANTIO E REPLANTIO

Plantio e replantio
Com as informações que você já recebeu até agora, vai conseguir cuidar de sua orquídea para que ela seja saudável e que dure por muitos anos.
Mas de tempos em tempos é necessário realizar a troca de vasos, devido a alguns motivos:
  • Pragas
  • Planta está muito grande para o vaso atual
Nesses casos, é necessário tomar muito cuidado e seguir algumas regras para que o replantio seja bem-sucedido.

Aprenda a Cuidar De Suas Orquídeas Como Um Profissional. Acesse Agora e Receba Seu Desconto De Lançamento
Quero Acessar Agora
Como você já aprendeu sobre pragas em orquídeas, agora vamos ver como identificar se ela está muito grande para seu vaso:
  • Para verificar, veja se ela está a menos de 1 dedo da parte superior do recipiente, caso esteja, já está na hora de trocar de vaso.
Primeiramente, prefira fazer a troca de vasos logo após a conclusão da florada, lembrando de se tomar muito cuidado para que a planta saia ilesa durante o processo.
  • Ao se colocar a planta no outro vaso, tenha cuidado para que ela esteja a 2 dedos do topo do vaso, lembrando antes de colocar chips de fibra de coco.
Caso o replantio tenha sido necessário devido a infestação e você queira reutilizar o vaso, limpe-o muito bem.
OBS: O vaso deve ser apertado, pois caso ele tenha muito espaço, pode causar a ela um problema de crescimento.
Abaixo está um vídeo explicando melhor como fazer esse procedimento:

OUTRAS DICAS - CULTIVO DE ORQUÍDEAS PARA INICIANTES

Dicas extras - Como cultivar orquídeas
Abaixo estão listadas algumas dicas sobre como cuidar de orquídeas que não foram mostradas no texto ainda.
  • Antes de podar sua orquídea, desinfete a sua tesoura colocando-a no fogo por algum tempo, dessa forma você evita que doenças e pragas sejam transmitidas entre as orquídeas através da tesoura.
  • Após podar a folha, colocar um pouco de canela em pó no local onde foi realizado o pode, para que ocorra a cicatrização mais facilmente.
  • O adubo NPK 10 30 30 pode ajudar na floração de sua orquídea.
  • Caso você tenha alguma dúvida sobre qual é a sua orquídea, acesse algum fórum sobre o assunto e peça para os usuários te ajudarem. (Aorquidea)
  • Nunca fume perto das orquídeas, a qualidade do ar é essencial para elas.
  • A temperatura ideal para elas é sempre acima de 15 graus, em média 20 a 23 graus, quando a temperatura está muito baixa, suas folhas ficam moles e escurecem.

COMO CULTIVAR ORQUÍDEAS EM APARTAMENTOS

Como cuidar de orquideas em apartamentos
Apesar do cultivo de orquídeas ser igual em quase todos os ambientes, existem alguns cuidados especiais que você deve tomar, especialmente se você morar em um andar muito alto.
Mas em alguns casos, especialmente de orquídeas terrestres, seria melhor cultivar em uma horta, pois elas costumam ser muito grandes.
O maior problema sobre o assunto é o local correto para se colocar a planta, pois dependo do local ela pode tomar muito sol ou muito vento e morrer.
O ideal, é colocá-la em frente a janela sul de seu apartamento, tendo na janela alguns protetores como:
  • Tela de sombreamento
  • Vidro
  • Folhagens
Mas se mesmo assim você perceber que a orquídea não está se adaptando coloque-a um pouco mais longe, ou faça uma fileira de orquídeas como o Sergio Oyama explica:
"O planejamento da disposição das orquídeas, na varanda ou janela, pode ajudar a contornar estes problemas. Aquelas mais resistentes, que podem receber mais luminosidade e ventilação, ficam na primeira fila. As mais frágeis vão atrás, protegidas pelo pelotão de frente. Orquideas no Ape"
Para mantê-las bem ventiladas, você pode utilizar ventiladores em tempos de frio, quando não é muito agradável ficar abrindo e fechando a janela.
Caso o tempo esteja mais agradável, você pode deixar a janela aberta nos horários recomendados para a orquídea tomar sol (antes das 9 e depois das 17).
Já para manter uma boa umidade no local, é recomendado que se use umidificadores, mas se você não tenha condições para comprar um pode-se utilizar:
  • Toalhas molhadas penduradas em cômodos.
  • Tanques de água.
  • Aquários.
  • Qualquer coisa que aumente a umidade do ambiente.
Para regá-las, basta apenas seguir as dicas que você já aprendeu e para combater pragas o recomendado é o combate manual, ou seja, evitar usar inseticidas pois eles podem deixar um cheiro forte em seu apartamento.
Caso você tenha muitas orquídeas infectadas, leve-as para um local aberto e com os equipamentos e cuidados adequados aplique o veneno.
Espero que com esse artigo você tenha aprendido como cultivar orquídeas facilmente.
Se você tem alguma dúvida, sugestão ou simplesmente quer conversar comigo, deixe seu comentário logo abaixo.

Aprenda a Cuidar De Suas Orquídeas Como Um Profissional. Acesse Agora e Receba Seu Desconto De Lançamento
Quero Acessar Agora

Um comentário:

  1. Amei essas dicas de cultivos de orquídeas...era essa informção que eu precisava...Obrigada!

    ResponderExcluir